quarta-feira, outubro 12

Falta de sentido de Estado


António Costa, ministro de Estado e da Administração Interna, decidiu brindar os portugueses com uma piada de mau gosto sobre a ausência da nomeação do Inspector-Geral do IGAI - Inspecção-Geral da Administração Interna.
Diz o ministro, com uma notável falta de cultura de Estado, que não compreende as críticas por não ter preenchido este alto cargo no momento em que o governo tem sido criticado pela nomeações que tem levado a cabo.
Além de ser uma afirmação lamentável, em termos institucionais, António Costa continua a adiar uma decisão que lhe cabe sem dar explicações aos portugueses.
A afirmação de um estilo arrogante não é novidade em António Costa. O que espanta é a ligeireza com que o ministro fala sobre um alto cargo da Administração Pública, cuja principal missão é fiscalizar os abusos de autoridade das forças policias.

2 comentários:

portugal da silva disse...

...mas você ainda fica espantado com a ligeireza dos ministros deste governo, todos a afinarem pela batuta do mais ligeiro de todos os primeiros-ministros de que há memória?

inês disse...

muito bem! dá-lhe!