domingo, outubro 30

Irritante

Numa tarde de domingo chuvosa, não há nada melhor do que esbarrar num site. Quando tentei conhecer, em detalhe, o acórdão que absolveu o jornalista Manso Preto do crime de desobediência qualificada, pelo qual foi condenado a 11 meses de prisão em primeira instância, depois de ter recusado a revelar as suas fontes de informação, dei de caras com a seguinte mensagem na página on-line do Tribunal da Relação de Lisboa

2 comentários:

rajodoas disse...

Compreende-se caro amigo. Esta remodelação na sequência da outra
a dos privilégios que provavelmente deu origem a esta.

Anónimo disse...

É a justiça na sua melhor ... transparência.